Derick e Flávia a seu dispor ;)
"   Há quem diga que amor de fã é ridículo e bobeira. Há quem diga que amor de fã não exista. Há quem diga que amor de fã é coisa de louco. Eu já digo que amor de fã é um dos mais lindos e sinceros que já vi. Sim porque você aprende a amar uma pessoa que não tem por perto, você aprende a amá-la e a apoiá-la ainda que esteja a milhões de distância de você. Você aprende a amá-la independente das decisões ou caminhos que ela queira trilhar. E você tá lá, apoiando em tudo. Você a ama com o coração, com a alma, com o que de melhor você tem. Amor de fã é um sentimento único, forte, maravilhoso e perfeito. É um amor platônico. É o bater forte do coração ao ver aquela pessoa do outro lado da televisão. É o lacrimejar dos olhos ao ouvir uma música ou uma notícia que deixe radiante. É o desespero de não poder vê-la ou tocá-la. É a loucura de ficar 24 horas monitorando sua vida pelo twitter, facebook, sites de notícias etc. Mas acima de tudo é a felicidade que sente por ser fã. É ter orgulho de quem ela é e quem sempre foi pra você. É acreditar que um dia você estará frente a frente com ela. É acreditar que ela saberá da sua existência um dia e saberá o quanto você a amou e ainda a ama. É acreditar e ter a esperança de que toda a luta não foi e não será em vão. É ter a certeza de que lutar por ela vale a pena. E você faz tudo isso com um sorriso imenso nos lábios porque é por uma boa causa. É saber que um dia toda lágrima, todo sofrimento, toda dor, todo desespero, toda loucura será compensada e você poderá dá aquele abraço demorado que você sempre quis e dizer: valeu a pena! E com certeza, será um dos momentos mais lindos e esperados do mundo. E você sentirá alívio. A felicidade será tanta que você não será capaz de explicar ou descrever. Você acreditará que um sonho só acaba quando alguém desiste dele porque você lutou pelo seu e ele se realizou. E tudo isso se resumirá em apenas uma frase: eu viveria tudo outra vez.   "
Amor de Fã. Thaís Oliveira. (via restoredd)
"   Dorme. O sono também salva, ou adia.   "
Caio Fernando Abreu (via rua-15)
"   E não há remédio para a lembrança.   "
Lana Del rey, Dark Paradise. (via reversadora)
"   O vento leva tudo, menos essa saudade.   "
Guilherme.   (via reversadora)